CRFa. 2ª Região/SP esteve representado no Seminário “Ruído e Saúde Pública: os impactos e danos à população e a necessidade de barreiras acústicas nas rodovias que cortam a cidade de São Paulo”

No último dia 30/05 o CRFa. 2ª Região/SP esteve representado no Seminário “Ruído e Saúde Pública: os impactos e danos à população e a necessidade de barreiras acústicas nas rodovias que cortam a cidade de São Paulo”, realizado na Câmara Municipal de São Paulo.


O evento teve como objetivo discutir ruído, saúde pública e impacto visual das barreiras de proteção acústica e contou com autoridades, arquitetos,  engenheiros e consultores especializados em ruídos, além de advogados especialistas na área ambiental e representantes da sociedade civil.


Duas fonoaudiólogas proferiram palestras e contribuíram para os debates: a Profa. Dra. Ana Claudia Fiorini e a Fga. Ms. Isabel  Cristiane Kuniyoshi. A Dra. Ana Claudia Fiorini apresentou dados sobre a poluição sonora no Brasil e no mundo, seus efeitos deletérios na saúde e destacou a importância de planejamento e implantação de programas de educação ambiental, com o envolvimento de toda sociedade, para redução do ruído nas cidades.


A Fga. Ms. Isabel Cristiane Kuniyoshi (Vice-coordenadora nacional da Campanha do Dia Internacional de Conscientização sobre Ruído no Brasil – INAD Brasil) apresentou os resultados preliminares da Campanha realizada em 2011, relatou o histórico da mesma (mundialmente e no Brasil) e seus objetivos. Ressaltou a importância da continuidade das ações deflagradas com a campanha, para o enfrentamento da poluição sonora.


Após o debate final, concluiu-se que:



- São Paulo necessita de leis próprias para regulamentar as questões relacionadas ao ruído, tendo em vista sua magnitude;
- há necessidade de melhorias das leis ambientais, tendo em vista a ausência de parâmetros de ruído provenientes de tráfego rodoviário;
- o planejamento para instalação de barreiras acústicas deve envolver a comunidade local;
- deve haver campanhas para conscientizar a população que o controle da poluição sonora é de responsabilidade de todos;
- o evento foi um passo importante para iniciar a discussão do assunto no legislativo paulista.
Clique aqui para acessar os relatos das fgas. Ana Claudia Fiorini e Isabel Cristiane Kuniyoshi sobre o evento.

CIF – Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde na prática fonoaudiológica

Entre os dias 21 e 31 de março de 2011, o Conselho Regional de Fonoaudiologia 2ª Região recebeu manifestações de  fonoaudiólogos inscritos nesta jurisdição , frente ao mailing enviado visando caracterizar a utilização dos princípios de Funcionalidade e/ou CIF – Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde na prática fonoaudiológica.



No total, 20 fonoaudiólogos responderam aos questionamentos do Conselho, sendo as informações as seguintes:

1. Contexto em que o fonoaudiólogo utiliza os princípios de Funcionalidade e/ou CIF:

Nº de fonoaudiólogos que utilizam a Funcionalidade e/ou CIF apenas no contexto clínico: 7
Nº de fonoaudiólogos que utilizam a Funcionalidade e/ou CIF apenas em pesquisa: 4
Nº de fonoaudiólogos que utilizam a Funcionalidade e/ou CIF nos 3 contextos: 4
Nº de fonoaudiólogos que utilizam a Funcionalidade e/ou CIF em 2 contextos: 3
Nº de fonoaudiólogos que utilizam a Funcionalidade e/ou CIF em outros contextos: 2

2. Área de especialidade da Fonoaudiologia em que atua:


3. Tempo de atuação com a Funcionalidade e/ou a CIF:



Nº de fonoaudiólogos que atuam há menos de 1 ano: 2
Nº de fonoaudiólogos que atuam há mais de 1 ano e a menos de 4 anos: 9
Nº de fonoaudiólogos que atuam há mais de 4 anos e menos de 7 anos: 5
Nº de fonoaudiólogos que atuam há mais de 7 anos: 3
Não Respondeu: 1

Agradecemos aos colegas que enviariam suas contribuições e informamos que este Regional continuará promovendo discussões sobre o tema, com o objetivo de contribuir com as ações nacionais a serem implementadas pelo Sistema Conselhos de Fonoaudiologia (CFFa. e Regionais).

Comissão de Saúde

Audiência com o Ministro da Saúde

O Conselho Regional de Fonoaudiologia 2ª Região, membro do Fórum dos Conselhos Profissionais da Saúde de São José do Rio Preto no qual é  representado pela fga. Vilma Isabel da Silva, participou de audiência com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, no dia 03 de junho.



O ministro esteve em São José do Rio Preto para ouvir as principais reivindicações dos profissionais da saúde que atuam no município, ocasião em que a fga. Vilma pôde apresentar as seguintes propostas deste Regional:
1.    Estabelecimento de diretrizes para implementação da lei Nº 12.303/10, que "Dispõe sobre a obrigatoriedade de realização do exame denominado Emissões Otoacústicas Evocadas”, de forma a garantir a realização da triagem auditiva neonatal, independente da natureza do hospital (público ou privado) e, sobretudo, garantir o acompanhamento adequado dos bebês pelo Sistema de Saúde (avaliação diagnóstica, adaptação de dispositivos eletrônicos e reabilitação fonoaudiológica).
2.    Atualização da Portaria GM Nº 1339/99, que instituiu a Lista de Doenças relacionadas ao Trabalho, uma vez que o “Distúrbio da Voz Relacionado ao Trabalho” não se encontra no rol de doenças elencadas.
3.    Revisão das Portarias MS/SNVS Nº 272/98 (aprovou o regulamento técnico para fixar os requisitos mínimos exigidos para a Terapia de Nutrição Parenteral e estabeleceu que a Equipe de Terapia Nutricional deveria ser multiprofissional, formal e obrigatoriamente constituída de, pelo menos, um profissional destas categorias: médico, farmacêutico, enfermeiro e nutricionista) e MS/SAS Nº 120/09 (estabeleceu como um dos objetivos da Terapia Nutricional “garantir, aos pacientes em risco nutricional ou desnutridos, uma adequada assistência nutricional, por intermédio de equipes multiprofissionais, utilizando-se de métodos e técnicas específicas”).

Considerando que tais Portarias se referem a pacientes com risco nutricional e que  dentre as muitas causas de desnutrição, a disfagia orofaríngea causa importante impacto na nutrição e hidratação de tais paciente, desestabilizando seu estado clínico, é imperioso a inserçao do fonoaudiólogo especialista nas Equipes de Terapia Nutricional.


14ª Conferência Nacional de Saúde (CNS)

Entre os dias 30 de novembro a 04 de dezembro de 2011 ocorrerá a 14ª Conferência Nacional de Saúde (CNS), que será realizada em 3 (três) etapas: municipal, estadual/distrito federal e nacional e terá como tema central "TODOS USAM O SUS! SUS NA SEGURIDADE SOCIAL, POLÍTICA PÚBLICA, PATRIMÔNIO DO POVO BRASILEIRO".


Segundo o documento orientador da Conferência (disponível em http://conselho.saude.gov.br/14cns/index.html), “Os participantes da 14ª CNS, em todas as suas etapas (municipal, estadual e nacional), além de reiterar a postura e atitude em defesa dos princípios e diretrizes constitucionais do SUS, são também detentores do compromisso e da responsabilidade de promover discussões e realizar debates, buscar melhores alternativas e escolher rumos de superação, inovação e sustentabilidade para o crescimento, consolidação e legitimação das políticas públicas de Seguridade Social”.


É dentro deste contexto, que a efetiva participação dos fonoaudiólogos garantirá o acesso à atenção fonoaudiológica em todos os níveis de complexidade. Clique aqui e conheça algumas sugestões que poderão ser inseridas para discussão nas pré-conferências,  tomando com base o Documento Orientador da 14ª Conferencia Nacional de Saúde.


Até o momento, temos ciência de conferências agendadas nos seguintes municípios do Estado de São Paulo: São Bernardo do Campo (17, 18 e 19/06/11), Aguaí (26/08/11), Bauru (01 e 02/07/11), Batatais (03 e 04/07/11), Cachoeira Paulista (17/06/11), Cajamar (27/05/11), Campinas (20 a 22/05/11), Cosmópolis (02/07/11), Guaratinguetá (30  a  02/07/11), Guarulhos (02 e 03/07/11), Itapira (01/07/11), Mauá (20/05/11), Mogi das Cruzes (01 a 02/07/11), Mogi Mirim (10 e 11/06/11)  Rancharia (24/05/11), Registro (08 e 09/07/11), Ribeirão Preto (01 a 03/07/11), Rio Claro (01 a  02/07/11),  Rio das Pedras (25 a 26/05/11), Salto (02/07/11), Santa Branca (01/06/11), Santo André (28/05/11), Santos (02/07/11) São Paulo (28 e 29/06), Suzano (02/07/11), Votorantim (08/07/11) e Aspásia (06/07/11).



Fonoaudiólogo, as diversas etapas da 14ª CNS são momentos para legitimar a contribuição da Fonoaudiologia no SUS. Participe e encaminhe o seu relato para

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

9º Colegiado do Conselho Regional de Fonoaudiologia 2ª Região/SP

Contato

  • (11) 3873-3788
  • info@fonosp.org.br

Localização

  • Rua Dr. Samuel Porto, 351 – 10º andar, cj. 101
  • Saúde, São Paulo - SP
  • CEP: 04054-010

Redes sociais