II Encontro Brasileiro de Pessoas que Gaguejam

II Encontro Brasileiro de Pessoas que Gaguejam recebe deputado autor de projeto que dá desconto telefônico para pessoas que gaguejam

A convite da Associação Brasileira de Gagueira (ABRA GAGUEIRA), o deputado estadual do Mato Grosso do Sul, Diogo Tita será um dos palestrantes do II Encontro Brasileiro de Pessoas que Gaguejam, que será realizado no próximo dia 5 de agosto,das 8h às 16h, na Universidade Veiga de Almeida (UVA), Campus Tijuca, no Rio de Janeiro. O parlamentar irá abordar no evento o projeto de lei de sua autoria que concede 50% de desconto na tarifa telefônica para pessoas que gaguejam.

O projeto já tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul e dá o direito ao benefício àqueles que comprovarem o problema na fala através de uma avaliação com fonoaudiólogos especializados no assunto. A proposta cria ainda um dispositivo de controle para concessão do desconto, através da instalação de aparelhos bloqueadores, pelas empresas, visando a não utilização indevida do benefício. A expectativa do parlamentar é que o projeto seja votado na Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul no segundo semestre de 2009.

A presidente da ABRA GAGUEIRA, a fonoaudióloga Daniela Verônica Zackiewicz elogiou o projeto e parabenizou o deputado pela iniciativa. "Esperamos que juntos possamos conquistar este direito tão importante", comenta. Para abrir o debate sobre o projeto, a presidente disponibilizou no site da Associação
http://www.abragagueira.org.br - www.abragagueira.org.br - um fórum de discussão. No local, as pessoas poderão opinar e enviar sugestões para o projeto de lei.

No Encontro, o deputado estadual vai discutir com os presentes como surgiu a idéia de criar um projeto de lei voltado para pessoas que gaguejam e as chances do mesmo ser aprovado e, consequentemente, virar Lei.

Para Diogo Tita, essa será uma grande oportunidade de aprimorar a proposta para atender a realidade de quem sofre com o problema. "Esperamos que a sociedade comece a olhar o problema com a seriedade que merece. O projeto poderá abrir discussões para desmistificar o problema e combater o preconceito que existe em torno da gagueira", ressalta.

Patologia

Apesar de a gagueira ser um distúrbio de fluência, as consequências da gagueira vão além da fala. A relação com os familiares, o convívio social, o desempenho escolar, o desempenho profissional e a saúde mocional podem ficar muito comprometidos devido à gagueira.

A interação gaguejada ao telefone demora muito mais que a fala normal. Os portadores desse distúrbio na fala têm dificuldades para se expressarem, o que faz com que suas contas telefônicas, principalmente as do celular, sejam mais elevadas do que as contas de uma pessoa com a fala normal. Muitas das pessoas que gaguejam têm problemas freqüentes para usar o telefone, o que pode causar uma grande dose de angústia e stress. Há casos em que a comunicação não flui e essas pessoas não conseguem passar sua informação
adiante.

Não falar sobre a gagueira, fingindo que ela não existe, contribui para aumentar o tabu em torno do ssunto. A Fonoaudiologia e algumas especialidades médicas dispõem de técnicas e procedimentos específicos para
tratar a gagueira.

II ENCONTRO
As inscrições para o II Encontro Brasileiro de Pessoas que Gaguejam já estão abertas e podem ser feitas de forma gratuita pelo site http://www.abragagueira.org.br - www.abragagueira.org.br. O evento será aberto a familiares, profissionais e estudantes da área. O objetivo é criar um espaço para discussão sobre alguns aspectos relacionados à gagueira a partir da experiência pessoal de pessoas que convivem com o problema.

O encontro terá ainda a presença de palestrantes internacionais, como o renomado psiquiatra americano, Dr. Gerald Maguire, que pesquisa o medicamento Pagoclone, primeiro remédio voltado para o tratamento da
gagueira, e do presidente da International Stuttering Association (ISA), Benny Ravid, de Israel.

Na mesma semana, entre os dias 5 e 8 de agosto, acontece o 6º Congresso Mundial de Fluência, promovido pela International Fluency Association. O evento também será realizado na Universidade Veiga de Almeida (UVA) e contará com a participação dos maiores pesquisadores do mundo em gagueira.
É considerado um dos congressos mais importantes sobre o assunto no mundo.

O II Encontro será realizado pela ABRA GAGUEIRA em parceria com a UVA, sede do encontro, e o Comitê de Fluência da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia e conta com o patrocínio da Microsom.

Texto: Talitha Moya

Contato

  • (11) 3873-3788
  • info@fonosp.org.br

Localização

  • Rua Dr. Samuel Porto, 351 – 10º andar, cj. 101
  • Saúde, São Paulo - SP
  • CEP: 04054-010

Redes sociais