Série #quemsomos: graduação em Fonoaudiologia e os futuros fonoaudiólogos

Na última matéria da série #quemsomos, o foco é a perspectiva da profissão a partir da análise dos dados sobre os cursos de graduação em Fonoaudiologia. A série é baseada na pesquisa do DIEESE sobre a realidade do fonoaudiólogo no estado de São Paulo.

De acordo com o DIEESE, em 2017, havia 12 instituições que ofertavam cursos de fonoaudiologia, das quais oito eram privadas e quatro públicas no estado de São Paulo. Em 2009, registravam-se 20 estabelecimentos. A redução ocorreu no âmbito das instituições privadas. Situação semelhante ocorreu com o curso de Terapia Ocupacional. Os cursos de Fisioterapia, no entanto, sofreram uma redução inversa: caiu o número de cursos nas instituições de educação do sistema público e ampliou na rede privada.

O número de matrículas nas faculdades privadas, por sua vez, apresentou um crescimento nesse período. Em 2009, foram registradas 908 matrículas, uma média de 57 por curso de fonoaudiologia na rede privada. Em 2017, foram 1.106, o que elevou a média para 138. No sistema público de ensino superior, a média se manteve estável: 198 e 194 matrículas, respectivamente. 

Em relação à evasão, o curso de fonoaudiologia foi o que teve a menor queda no número de concluintes quando comparado aos cursos de Terapia Ocupacional e Fisioterapia, por exemplo.  A comparação evidencia ainda que a queda de aproveitamento não é um fenômeno específico do curso de fonoaudiologia e pode estar sendo influenciada por diferentes fatores. Uma questão a ser considerada, inclusive, é o aumento de matrículas no sistema privado que ocorreu no mesmo período do aumento de alunos que não concluíram o curso. Pode-se levantar como uma das hipóteses a dificuldade dos alunos em cumprirem com os pagamentos dos cursos, o que pode resultar em abandono ou postergação da conclusão.

Ainda segundo o Departamento, apesar do reduzido número de homens no curso de Fonoaudiologia, houve um aumento de quase o dobro das matrículas do sexo masculino no período analisado.

CONFIRA OUTROS ARTIGOS DA SÉRIE:
- Crefono 2 lança série de matérias sobre a realidade atual do fonoaudiólogo no estado de São Paulo
A Fonoaudiologia no Mercado de Trabalho

Cobertura fonoaudiológica no estado de São Paulo
- Série #quemsomos: SUS e setor privado

Contato

  • (11) 3873-3788
  • info@fonosp.org.br

Localização

  • Rua Dr. Samuel Porto, 351 – 10º andar, cj. 101
  • Saúde, São Paulo - SP
  • CEP: 04054-010

Redes sociais